Homem bebendo produtos saudáveis

Nutrição

Nossos nutricionistas irão orientá-lo a corrigir seus hábitos alimentares, personalizando a sua prescrição nutricional. Você será orientado a seguir uma dieta equilibrada e balanceada, aprenderá sobre a qualidade dos alimentos, sobre o valor calórico, sobre o modo de preparo da dieta e sobre tudo, das suas necessidades nutricionais. Pode ser até que você perca peso.
Além da consulta inicial, você será reavaliado periodicamente para eventuais correções e/ou melhorias da sua dieta. Sem dúvida você aprenderá sobre a importância e o benefício das frutas, dos vegetais, das proteínas magras, das gorduras de boa qualidade, dos grãos e carboidratos adequados para seu desempenho e saúde.

Mudança de alimentação?
Certamente sim e para melhor, esse é uns dos principais pilares da Medicina Executiva. “Nós somos feitos do que comemos!”, “a alimentação nos constrói ou destrói!”, já dizia a sabedoria antiga. Seguramente você irá incorporar novos hábitos alimentares, conhecerá os riscos e benefícios de cada alimento e de cada tipo de refeição. Você fará das refeições um aliado estratégico para a sua evolução, eliminando os alimentos nocivos que favorecem a diabetes e as doenças cardiovasculares.

Suplementos Nutricionais
Talvez haja a necessidade de se fazer uso de suplementos nutricionais, isso vai depender de como você estiver e do que você precisar. A suplementação nutricional ajuda a repor e manter as proteínas, vitaminas, sais minerais e outros micronutrientes como o ômega 3, que fazem parte da construção de massa muscular e consequentemente da defesa do organismo.

Musculação

À medida que os homens envelhecem, a quantidade de testosterona que seus corpos produzem gradualmente começa a diminuir. Quando combinado com as dores nas articulações e outros desconfortos que geralmente acompanham o envelhecimento, isso pode levar a um estilo de vida menos ativo e contribuir para o aumento do armazenamento de gordura e ganho de peso. Por meio de exercícios regulares, observando suas dietas e fazendo outras mudanças no estilo de vida, homens com 60 anos ou mais podem combater o ganho de peso e a perda muscular que geralmente acompanham o envelhecimento.

Mudanças Corporais e Envelhecimento
Quando um homem atinge seu 60º aniversário, ele pode perder até 10 quilos de músculo ou mais e continuará perdendo entre 0,5 e 2% de sua massa muscular por ano. A perda dessa massa muscular e a diminuição da produção de testosterona retardam o metabolismo, reduzindo a velocidade com que o corpo queima calorias e dificultando a perda de peso. À medida que a massa muscular diminui, os ossos podem enfraquecer e as articulações precisam carregar mais peso com menos suporte muscular. Como as calorias são queimadas mais lentamente, mais gordura é armazenada no corpo, o que pode levar a problemas de saúde, como diabetes e doenças cardiovasculares. Para neutralizar isso, é necessária uma combinação de atividade física e mudança na dieta.

Treinamento de força
O treinamento de força trabalha os músculos dos braços, pernas e core do corpo para aumentar a força muscular e neutralizar a perda de massa muscular que ocorre naturalmente com o envelhecimento. Levantar pesos e realizar outros exercícios e treinamento de força, como flexões ou trabalhar com faixas de resistência, constrói músculos e também fortalece os ossos para reduzir o risco de fraturas e problemas na coluna, aumentando a flexibilidade geral em até 30%. Os Centros de Controle e Prevenção de Doenças recomendam que os idosos realizem de uma a três séries de exercícios de fortalecimento muscular pelo menos duas vezes por semana, trabalhando todos os principais grupos musculares do corpo para garantir o desenvolvimento muscular uniforme; cada conjunto deve conter oito a 12 repetições do exercício.

As vantagens da musculação
A musculação ajuda a preservar a massa muscular, as articulações e a densidade mineral óssea (que se perde de 400 a 450 gramas por ano após os 40-45 anos). Evita a síndrome metabólica (diabetes por resistência a insulina). Pode ajudar no tratamento da depressão, insônia e ansiedade (aumenta a testosterona e o GH; diminui o cortisol). Evita a desmineralização óssea mantendo o cálcio dentro dos ossos. Aumenta a taxa de metabolismo em repouso. Melhora a flexibilidade da coluna e das articulações, você se mexe melhor até mesmo para o sexo. A musculação garante a sua autonomia física por muito mais tempo. Você vai ter mais força para subir escadas, entrar e sair do carro, carregar objetos pesados com mais facilidade, vai ter independência para viver a sua como sempre viveu. Além disso, existem dezenas de trabalhos médicos mostrando a relação entre a falta de exercícios físicos e a diabetes em homens e mulheres m esmo sem a predisposição genética. Nesse caso, o estilo de vida pode vencer a genética.
A importância da musculação é exatamente aumentar a quantidade de músculo que temos no corpo, o que vai significar queimar mais calorias. Os músculos são grandes consumidores de energia. Cada quilo de músculo consome cerca de 35 calorias por dia em repouso, enquanto 1 quilo de gordura gasta apenas 6 calorias. A musculação aumenta esse consumo não só durante, mas também horas depois do exercício. Com mais músculo e menos gordura, o corpo gasta mais calorias para se manter. Emagrecer não é perder peso, e sim diminuir a quantidade de gordura no corpo.

Chame por Whatsapp

Marque sua consulta ou esclareça suas dúvidas de modo ágil, utilizando nosso Whatsapp.
Você será sempre bem atendido.